Online citations, reference lists, and bibliographies.
← Back to Search

Determinação Espectrofotométrica Do Arsênio Em Cabelo Usando O Método Do Dietilditiocarbamato De Prata (SDDC) E Trietanolamina/CHCl3 Como Solvente

Simone de Fátima Pinheiro PEREIRA, Sérgio Luis Costa FERREIRA, Antonio Celso Spínola COSTA, Augusto César Fonseca SARAIVA, Antonia Kelen Frota SILVA

Save to my Library
Download PDF
Analyze on Scholarcy
Share
Pelo uso de técnicas mais baratas, como a do SDDC, é possível determinar níveis traços de arsênio em cabelo; entretanto esta técnica apresenta alguns inconvenientes como baixa estabilidade e o odor desagradável da piridina. A piridina foi substituída por trietanolamina/CHCl3 e as características analíticas do complexo foram estudadas. O complexo foi estável por 270 minutos, a faixa de aplicação da lei de Beer foi de 0,0 a 25,0 mig As, a repetibilidade foi de 0,028 mig As, o limite de detecção foi de 18,6 mig de As/L e a sensibilidade (épsilon)? de 1,12 10(4) L.mol-1.cm-1. O método foi aplicado à amostras de cabelo. A lavagem das amostras foi feita com extran e água desionizada e seca em estufa (40-60ºC). 0,1000 g de amostra foi submetida à 11 métodos de digestão. O melhor método foi o que usou uma solução 1:1 de HNO3 e H2SO4 concentrados em temperatura de 100-110ºC com evaporação até fumos de SO3. O tempo de abertura é um inconveniente neste tipo de digestão.