Online citations, reference lists, and bibliographies.
← Back to Search

A Influência Da Função Mastigatória Na Deglutição Orofaríngea Em Idosos Saudáveis

Fabio Shigueru Yoshida, Cláudia Tiemi Mituuti, Tatiane Totta, Giédre Berretin-Felix

Save to my Library
Download PDF
Analyze on Scholarcy
Share
Objetivo Verificar se as características da mastigação influenciam os achados da deglutição orofaríngea em idosos. Métodos Foram analisados os dados de 47 idosos saudáveis - 29 mulheres e 18 homens - avaliados por meio da aplicação do protocolo clínico da mastigação e exame clínico funcional da deglutição orofaríngea. A avaliação da mastigação foi registrada em vídeo, tendo sido analisado o tipo mastigatório, a formação do bolo alimentar e o tempo mastigatório. Durante a avaliação clínica da deglutição foi verificado o desempenho dos pacientes quando testados alimentos de diferentes consistências, sendo que, após a realização da avaliação clínica, os indivíduos foram classificados quanto ao grau de disfunção da deglutição orofaríngea. Os dados foram analisados de modo descritivo e utilizando-se testes estatísticos de comparação e correlação. Resultados A média do tempo mastigatório foi de 32,45 segundos. A maioria dos indivíduos apresentou tipo mastigatório bilateral (62%), formação do bolo alimentar adequada (75%) e cerca de metade (47%), quadro de disfagia orofaríngea de grau moderado. De acordo com a análise estatística, não houve correlação entre o grau da disfunção da deglutição e o tipo mastigatório e a formação do bolo alimentar, porém, houve correlação positiva moderada entre o grau da disfunção da deglutição e o tempo de mastigação. Conclusão Para os idosos deste estudo, o tempo mastigatório influenciou o grau de disfunção da deglutição, não tendo sido encontrada relação para o tipo mastigatório e formação do bolo alimentar quanto aos achados da deglutição orofaríngea.